O Caso: "Mudanças"

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Nos últimos tempos aprendi muito sobre mudança. Pra alguém metódico e adepto da fiel rotina, mudanças sempre são meio complicadas. Ok, ok, aprendi que são essenciais pra se seguir em frente, pra não ficar parado no mesmo lugar enquanto tudo a sua volta se move e progride. Mas que são difíceis são sim!
Penso que talvez uma das coisas mais difíceis sobre a mudança é que você pode e deve ter controle sobre as suas mudanças, mas não pode o mesmo com as mudanças das outras pessoas e do mundo ao seu redor.
Outro dia estava conversando com um amigo e o disse: "Coisas acontecem, situações mudam, pessoas vão embora, quer seja pela morte quer seja por alguma outra coisa da vida, não importa, um dia elas vão." Talvez tenha sido um pouco extremista e pessimista com essa conversa mas é a verdade.
Em outra conversa com um outro amigo blogueiro, ele me contou sobre uma teoria que uma de suas leitoras comentou no blog dele. Segundo a leitora, nossa vida é composta de ciclos. Você começa vivendo uma situação, sob certas circustâncias e vai vivendo até que nada parece mais te pertencer então é hora de um novo ciclo, um novo começo, é hora de mudanças, novas situações, sob novas circunstâncias.
Tenho pensado muito nisso ultimamente, não que eu queira regredir a respeito de tudo que aprendi sobre mudança, mas é complicado, me pergunto se um dia me acostumarei.
Só um pedaço de um desabafo sobre mudanças.

8 comentários:

Eduardo Montanari disse...

A questão não é se a gente vai se acostumar ou não meu amigo, a pergunta é quando. Infelizmente pra algumas coisas na vida somos obrigados a dar o braço a torcer, porque ou fazemos isso ou sofreremos eternamente.
Mudanças são complicadas, difíceis, cansativas, mas absolutamente necessárias. Podemos até optar por não querer mudar ou pelo menos adiar a mudança, mas creio que fazer isso só nos faz ter um gasto de tempo e energia dobrados, já que é uma coisa obrigatória a mudança. Certa vez minha psicóloga me disse que depois de um tempo nós passamos a ficar desconfortáveis com certas coisas porque insistimos em usar uma roupa que já não nos serve mais. Ela repuxa, incomoda, sufoca. Assim também é com a nossa vida. Conforme vamos progredindo, crescendo, temos que comprar roupas maiores, próprias para o nosso tamanho atual, com as quais possamos nos sentir confortáveis.
Se você insiste em ficar usando uma roupa que já não lhe serve mais, no caso tendo um comportamento que já não lhe cabe mais, você só vai se sentir cada dia mais desconfortável e sufocado. Não temos opção: Ou você muda ou você muda.

Marcos Mariano disse...

Somos tidos pela ciência como animais racionais,e como tais as mudanças são inevitaveis querendo ou não, pro bem ou pro mal, isso já é parte do nosso instinto, agora cabe a cada um tomar as redias dessas mudanças ou simplesmente deixalas acontecer e ver no que da pois niguem nasce pra semente, mas a segunda opção pode trazer sérios danos, já que não se tem o controle da mudança, mas o fato é, queira ou não nós vamos mudar, não tem jeito.

grande abraço

Raphael Blogueiro disse...

Mudar é sempre difícil. Eu sou um daqueles que acredita que raramente alguém muda. O Processo da mudança passa pelo reconhecimento de algo errado, e daí parte a mudança. Talvez não seja realmente uma mudança na sua vida. Seja apenas uma mudança de comportamento, pela qual você se permite ou se obriga a enfrentar uma ou outra situação.

Mas fato é, que algumas pessoas, algumas coisas mudam. E se quisermos termos a chance de continuar com elas, precisamos evoluir também. Através da mudança de atitude e comportamento. Mudar as vezes, não significa virar tudo de cabeça pra baixo, mas sim, começar pelas pequenas coisas mesmo. As grandes mudanças começam nas pequenas atitudes!

Abraço Levi!

sobrefatalismos disse...

Amigo, já que você "mudou", vê se aceita meus convites pra sair, mesmo quando é aniversário de alguém, falow?

sobrefatalismos disse...

Larissa agora tah no twitter. pense no perigo que estamos a correr...

larifest disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
larifest disse...

Cala a boca Nina!!!!!!! Eu sempre estive no twitter, muito antes de vc, então cale-se vc me deixa loucaaaaaaaa!!!!!!! Ainda mais aqui, no espaço aberto do Levi,rsrsrs...
A próposito, Levi parabéns pelo texto, sensacional é a palavra que define bem. É, realmente as mudanças nunca lhe fizeram lá muito bem, vc sempre teve medo delas, mas saiba de uma coisa, elas além de serem necessárias é fundamental e ñ é pq elas existem que outras coisas deixarão de existir, saiba disso e vc entendeu bem a o que me refiro!!!!!!! AMIGOS.
bjãooo

Croatt disse...

Não somente a mudança, mas a vida toda humana se baseia em questões incompreensíveis e infinitas.

 
diHITT - Notícias