Minha opinião sobre posts naturais x posts forçados

domingo, 31 de julho de 2011


Quem é vivo sempre aparece!
Quem segue o blog sabe que já faz um tempo que estou sumido, nem posto nada nem comento em outros blogs.
Vou tentar explicar o que aconteceu e o que acontece.
Eu nunca parei pra pensar nos motivos pelos quais eu comecei a escrever. Mas acredito que o motivo não é muito diferente dos motivos da maioria: escrever é a forma encontrada de expressar o que se pensa e o que se sente.
Grande parte do que escrevo se baseia em coisas que acontecem comigo ou ao meu redor. São poucas a vezes que eu simplesmente decido escrever algo sem nada ter acontecido e tenho resultados. Fato que imagino que ocorra com outros que também escrevem.
Não sei bem o que aconteceu, mas tive um bloqueio de idéias. Não sei ao certo se foi minha vida que ficou bem mais parada ou se eu não estou sabendo aproveitar o que acontece.
Já postei uma vez sobre uma situação que me faz parar de atualizar o blog:
Estou passando por outra situação que me faz parar de atualiza-lo, a falta de idéias. Eu sou do time dos que se não tem uma idéia do que postar prefere ficar sem atualizar o blog a forçar textos que pouco significam.
Não sei se estou certo ou errado, mas essa é uma das coisas que tenho orgulho em relação ao meu blog, mesmo o atualizando pouco, cada post tem um significado e importância pra mim.
Talvez o fato de que tenha atualizado hoje signifique que posso estar voltando a pensar em coisas, ou não. Só o tempo dirá.

P.S.1.: Após postar essa minha opinião acabei vendo o novo post do Ferramentas Blog que acho que encaixa bem como uma leitura extra: "Get a life" - Viva sem o seu blog

5 comentários:

Lilian disse...

Olá amigo,

Gostei muito do texto que publicou.
De certa forma, penso igual, apesar de não ser falta de idéias não atualizar meu blog, mas sim, falta de saúde física.
Carinhoso e fraternal abraço,
Vovó Lili

EDUARDO MONTANARI disse...

Eu sou da opinião meu amigo, de que você não está sabendo aproveitar as coisas que estão lhe acontecendo.
Eu estava no último sábado comentando com minha prima o quanto as vezes não percebemos que as coisas vão nos acontecendo. Temos aquela impressão de que estamos estagnados, mas se pararmos e olharmos tipo, umas duas semanas atrás, podemos ver que algo mudou. E no seu caso eu sei que algo está mudando. Você ainda vai ter muitas histórias pra contar.

Beth Muniz disse...

Oi Levi,
Sabe, mesmo com a sua irregularidade nas postagens, fico sempre na expectativa.
Faça como achar melhor, e o que lha der prazer.
Obrigada pelo carinho de sempre.
Beijo querido.

Guta Schneider disse...

Caro amigo,

Acho que não existe certo ou errado. Você deve fazer aquilo que achar melhor para você!

Não se preocupe tanto em arrumar um assunto. Escreva sobre algo que tenha realmente chamado a sua atenção e que você ache que vale a pena ser comentado!

Tenha paciência consigo mesmo e não desista!

Beijos,

Guta

Luma Rosa disse...

No texto que indicou já dei a minha opinião sobre o que é blogar e a ética blogueira - tenho os meus pensamentos, mas nem sempre expresso no dia a dia - talvez esse seja o modo de não blogar. Se não está acontecendo nada nos seus dias, conte o que pensa! Não ficamos dia algum sem pensar! Boa sorte! Beijus,

 
diHITT - Notícias