Mudo e Invisível

sábado, 1 de janeiro de 2011

Caminho entre as pessoas e ninguém olha pra mim. É como se eu fosse invisível. Acho que não posso culpá-las pois fiz questão de me manter distante, de ser um nada. Mas agora vi aonde essa atitude me levou: me tornei invisível, fiquei mudo.
Ao passo que via a posição em que eu tinha me colocado, o desespero ia tomando conta de mim. Eu queria ser visto, queria que me escutassem.
Gritei, mas foi em vão.

P.S.1: Sei que o texto não está tão bom, mas acho q dá pro gasto (mentira, tou mais inseguro que outra coisa com esse texto).
P.S.2.: Sei que o texto parece estar sem final, mas foi de propósito.

3 comentários:

larifest disse...

ser invisível as vezes é bom como profissão, eu tô pensando em estudar pra ela, resolve as vezes, e alerta para os perigos eminentes! Adorei o texto e boa abordagem do tema, estou anciosa para o complemento!

Luma Rosa disse...

Acabou com Du Ventu...

Não grite para a multidão, fale com a pessoa do seu lado ;)

Feliz ano novo!!

Scullysta disse...

apesar de eu nao aparentar,sempre sou invisivel............

 
diHITT - Notícias